Última hora
This content is not available in your region

Série italiana "Zero" ganha destaque

euronews_icons_loading
Série italiana "Zero" ganha destaque
Direitos de autor  Screenshot Netflix via AP
De  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Começou a ser transmitida em Abril e já é considerada um sucesso e uma pequena revolução no audiovisual italiano. Chama-se "Zero" é uma série e coloca no centro da ação um jovem negro italiano, tímido, com poderes sobrenaturais, que os usa para resolver casos criminais ou misteriosos.

O ator Giuseppe Dave Seke explica que "quando era pequeno, não conseguia encontrar alguém como eu ou que me pudesse representar, tinha que olhar para o estrangeiro. No mundo de hoje, mesmo em Itália, existem muitos negros de segunda geração, uma comunidade muito forte que não está representada no cinema. Por isso, fazer parte de uma série com uma história negra, é uma grande vitória para mim".

Para o argumentista, é uma forma de mudar as coisas num país, que segundo o próprio, está marcado pelo racismo. "Eu sempre digo que a Itália é um país amarrado pelas tradições, mais do que racista. A mudança é muito difícil num pais cheio de tradições. Mas digo-lhe, estou convencido que através destas coisas, séries, a possibilidade de fazer séries, as coisas podem mudar", diz Antonio Dikele Destefano.

A Netflix tem estado a desenvolver uma política de produções nacionais há alguns anos, escritas, interpretadas e realizadas por talentos locais.

"Para nós, no mundo italiano, tem sido uma emoção e para mim pessoalmente, uma satisfação, permitir-me sentir bem sobre mim própria. Não foi apenas um trabalho. Zero foi uma contribuição, como se diz... uma contribuição para a mudança", confessa ", conta a atriz, Daniela Scattolin.

A série, totalmente produzida em Itália, está adaptada em várias línguas e distribuída no mundo inteiro.