Última hora
This content is not available in your region

Tiroteio mortífero em escola russa

De  Euronews
euronews_icons_loading
Atentado em escola de Kazan
Atentado em escola de Kazan   -   Direitos de autor  Euronews
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos onze pessoas morreram e 32 ficaram feridas, esta terça-feira, na sequência de um tiroteio numa escola da cidade russa de Kazan.

De acordo com as agências de notícias locais, um dos atiradores, um adolescente de 19 anos foi detido e outro foi abatido pelas forças de segurança, depois de se ter barricado no edifício.

Durante a operação policial, a escola foi parcialmente evacuada. Muitos dos alunos permaneceram no edifício. Segundo as autoridades, foram implementadas medidas de segurança adicionais em todas as escolas de Kazan, a capital da república russa de Tartaristão, que fica a cerca de 700 quilómetros a leste de Moscovo.

A polícia abriu já uma investigação criminal sobre o incidente.

Este foi o tiroteio escolar mais grave na Rússia desde 2018. Este tipo de tragédia é relativamente raro na Rússia e o controlo das armas é bastante rigoroso. No entanto, nos últimos anos tem-se assistido a vár