This content is not available in your region

Jovem detona bomba de fabrico artesanal em escola russa

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP
euronews_icons_loading
Jovem detona bomba de fabrico artesanal em escola russa
Direitos de autor  AFP PHOTO / Russian Investigative Committee / handout

As autoridades russas atualizaram o número de feridos, mais de uma dezena, na sequência da explosão de uma bomba de fabrico artesanal, detonada numa escola ortodoxa por um antigo aluno. 

O autor do ataque, de 18 anos, foi levado em estado grave para o hospital e está acusado de tentativa de homicídio. Foi aberta uma investigação ao sucedido.  

A escola fica localizada ao lado de um convento em Serpukhov, cerca de 100 quilómetros a sul de Moscovo. O estabelecimento de ensino foi evacuado pela polícia.

Este tipo de ataques, outrora raros no país, têm vindo a tornar-se mais comuns nos últimos anos, o que levou o Presidente Vladimir Putin a endurecer as leis relativas ao uso e porte de armas.

Em Setembro, um estudante matou seis pessoas e feriu outras 28 outras numa universidade, antes de ser atingido por um polícia e detido. 

Em Maio outro jovem abriu fogo na sua antiga escola em Kazan matando nove pessoas. Ambos tinham licença de uso e porte de arma.