EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

João Lourenço apela à solidariedade dos países desenvolvidos

João Lourenço
João Lourenço Direitos de autor AMPE ROGÉRIO/ 2021 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
Direitos de autor AMPE ROGÉRIO/ 2021 LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.
De  Neusa Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Angola inicia campanha de vacinação contra a covid-19 com a vacina russa Sputnik V

PUBLICIDADE

Angola arrancou com a vacinação contra o SarsCov 2 com a vacina Sputnik V. Existem disponíveis no país cerca 40 mil doses da vacina russa

O presidente João Lourenço abriu esta segunda fase de imunização a receber esta quinta-feira a primeira dose da vacina, depois de mais de 500 angolanos terem sido imunizados na primeira fase com a vacina da AstraZeneca.

Em visita ao centro de vacinação João Lourenço apelou a uma maior sensibilidade por parte dos países com capacidade industrial, para que possa chegar aos países vulneráveis:

"Reiteramos o nosso apelo para que os países desenvolvidos, que têm a capacidade industrial de produzir vacinas sejam mais sensíveis, e entendam que ninguém se vai salvar sozinho. Ou nos salvamos todos, ricos e pobres, poderosos e não poderosos, ou ninguém se vai salvar. É uma pandemia que atingiu todo o planeta e tem de se atender todo o planeta."

Angola registou até ao momento um total de 29.695 casos positivos de infeção pela covid-19, dos quais 649 óbitos, 25.629 recuperados.

Editor de vídeo • Bruno Sousa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Timor-Leste recebe vacinas contra a covid-19 de Portugal

Angola recebe primeiras vacinas contra a covid-19

Angola é modelo face à crise de Covid-19