Última hora
This content is not available in your region

Jogos Olímpicos podem dar origem a nova variante

euronews_icons_loading
Jogos Olímpicos podem dar origem a nova variante
Direitos de autor  Eugene Hoshiko/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Tamanho do texto Aa Aa

A chanceler alemã anunciou que as crianças com mais de 12 anos poderão ser vacinadas a partir de junho. Angela Merkel reafirmou o objetivo da vacinação ser oferecida a cada cidadão até ao final do Verão. “Isto inclui aqueles que são agora adicionalmente suscetíveis de serem incluídos nesta oferta de vacinação, nomeadamente as crianças dos 12 aos 16 anos de idade", adiantou Merkel.

As novas regras do plano de vacinação alemão só estão dependentes da aprovação da Agência Europeia de Medicamentos (EMA). O regulador europeu anuncia a decisão nesta sexta-feira.

Austrália

Melbourne vai entrar em confinamento para conter o surto de covid-19 associado à variante detetada na Índia. Durante sete dias, os cinco milhões de habitantes da segunda maior cidade da Austrália só poderão sair de casa para comprar produtos essenciais, prestar e receber cuidados de saúde ou para serem vacinados. O primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison, disse que os próximos sete dias no estado de Vitoria "serão muito desafiantes".

Japão

O Japão prepara-se para estender o estado de emergência a grande parte do país.

A União Europeia manifestou nesta quinta-feira o apoio aos Jogos Olímpicos de Tóquio, lembrando que o bloco aprovou a exportação de mais de 100 milhões de doses de vacinas para o país. Mas o chefe do Sindicato dos Médicos do Japão apelou ao "cancelamento total dos Jogos, e alertou para um potencial "desastre".

Naoto Ueyama acredita que uma nova variante de covid-19 pode surgir e chamar-se a variante do vírus olímpico de Tóquio. O responsável disse que “a crítica de que os Jogos foram um grande ato de loucura por parte da humanidade pode perseguir-nos durante os próximos 100 anos".

Suécia

A Suécia continuar a aliviar algumas das restrições contra a covid-19, numa altura em que o número de novas infeções diminui drasticamente. O primeiro-ministro, Stefan Löfven, disse que o país está "a começar a vislumbrar o principio do fim".