Última hora
This content is not available in your region

Reino Unido levanta maioria das restrições

De  euronews
euronews_icons_loading
Reino Unido levanta maioria das restrições
Direitos de autor  LUDOVIC MARIN/AFP
Tamanho do texto Aa Aa

O Reino Unido vai levantar a maioria das restrições impostas para combater a Covid-19 já na próxima semana.

O Governo britânico confirmou que a partir de 19 de julho deixa de ser obrigatório o uso de máscara em locais fechados, o distanciamento social, e bares e discotecas serão autorizados a reiniciar a atividade.

O primeiro-ministro britânico acredita que embora o número de novas infeções esteja a aumentar, no país, esta é a melhor altura.

"Sabemos, também, que se adiássemos agora esta quarta etapa, por exemplo, para setembro, ou mais tarde, então estaríamos a reabrir à medida que o tempo fica mais frio e que o vírus adquire uma maior vantagem natural com o regresso à escola. "

No outro lado do Canal da Mancha, o presidente francês anunciou que o certificado digital de vacinação será utilizado para permitir a entrada em restaurantes, bares, teatros e cinemas já a partir da próxima semana.

Emmanuel Macron anunciou, ainda, que a partir de 15 de setembro passa a ser obrigatória a vacinação dos profissionais que trabalham com pessoas frágeis em hospitais e lares.

Uma medida que será também implementada na Grécia. O primeiro-ministro helénico, Kyriakos Mitsotakis anunciou que todos os profissionais de saúde serão obrigados a inocular-se com a vacina contra a Covid-19, já a partir de setembro.

Para evitar a propagação da variante Delta, o Executivo liderado por Mitsotakis quer que os trabalhadores dos lares estejam imunizados.

"Torna-se obrigatória a vacinação imediata dos trabalhadores lares da terceira idade, que é o grupo mais vulnerável. Aqueles que não o fizerem serão suspensos a partir de 16 de agosto". A partir de 1 de setembro, a vacinação obrigatória aplicar-se-á, também, aos trabalhadores de saúde, tanto no setor público como no privado".

Mas nem tudo são más notícias. A partir desta sexta-feira, e até ao final de agosto, as áreas interiores de bares, restaurantes, discotecas, cinemas e teatros irão abrir, desde que os clientes permaneçam sentados, tanto no interior como nas esplanadas. No entanto, só será permitida a entrada das pessoas que puderem certificar que foram vacinadas.