Última hora
This content is not available in your region

China rejeita teoria da OMS sobre origem da Covid-19

De  euronews
euronews_icons_loading
China rejeita teoria da OMS sobre origem da Covid-19
Direitos de autor  China's central Hubei province on February 3, 2021
Tamanho do texto Aa Aa

A China rejeita a ideia de que o novo coronavírus tenha tido origem no laboratório do Instituto de Virologia de Wuhan e que, por acidente, se tenha disseminado pela população. Uma teoria colocada pela Organização Mundial da Saúde, nesta segunda fase da investigação sobre a origem da Covid-19.

"Para ser honesto, fui surpreendido quando li pela primeira vez sobre o plano de rastreio da origem da fase II da OMS. Isto porque neste programa de investigação, a hipótese de que foi "uma violação dos protocolos de laboratório pela China que causou a fuga do vírus" é uma das prioridades do estudo. Este ponto, penso eu, reflete desrespeito pelo senso comum e arrogância para com a ciência", referiu o vice-ministro da Comissão Nacional de Saúde, Zeng Yixin.

A investigação sobre a origem do vírus tornou-se numa questão diplomática com os Estados Unidos da América a encabeçarem uma lista que países que acusaram a China de falta de transparência nas primeiras semanas da pandemia.

A OMS espera uma maior cooperação e acesso aos dados do Executivo de Pequim.