Última hora
This content is not available in your region

Projeto europeu promove eco-design na Europa e na Rússia

Access to the comments Comentários
De  Aurora Velez
euronews_icons_loading
Projeto europeu promove eco-design na Europa e na Rússia
Direitos de autor  euronews
Tamanho do texto Aa Aa

O eco-design permite respeitar o meio ambiente, reduzir o consumo de recursos e prever a reutilização dos produtos.

Empresas e instituições de vários países participam num projeto europeu que visa promover o chamado eco-design ou design sustentável. A iniciativa integra países da União Europeia, nomeadamente do mar Báltico, e países terceiros, como a Rússia e a Noruega.

“Eco-design é pensar o desenvolvimento de um produto, a forma como o produto é criado e evolui até ser deitado fora”, explicou Marina Lebedeva, presidente da Medina Arte, em São Petersburgo, uma das empresas que integra a iniciativa.

euronews
Marina Lebedeva, presidente da Medina Art, uma das empresas do EcoDesign Circleeuronews

Uma cozinha fabricada com base nos princípios do eco-design

A euronews visitou uma fábrica de cozinhas que aposta em modelos mais ecológicos. O Eco-design permite, entre outras coisas, reduzir o desperdício e o tempo de produção. Neste caso, o fabrico de uma cozinha passa de 21 para 14 dias", afirmou Ivan Khodenko, chefe do departamento técnico da empresa First Furniture Factory.

“Começámos a trabalhar com novos materiais que estão disponíveis no mercado, que podem ser aproveitados e reciclados. Antes comprávamos materiais, lacas, que podiam ser usadas durante duas ou três horas, mas agora podemos usá-las durante 24 horas sem ter que deitá-las fora", acrescentou o responsável.

euronews
Ivan Khodenko Chefe do departamento técnico da empresa First Furniture Factoryeuronews

O apoio da Política de Coesão da UE

Na região do Mar Báltico, a reflexão sobre a economia circular e o design começou em 2016 com o EcoDesign Circle. Um projeto europeu que oito estados membros e ainda dois países terceiros, a Rússia e a Noruega. O orçamento da iniciativa é de cerca de 2,7 milhões de euros, maioritariamente financiados pela política de coesão da União Europeia. A Rússia participa com cerca de 42 mil euros.

O impacto do eco-design

Em grande parte, o impacto ambiental de um produto ou serviço é determinado na fase de projeto. Para reduzir esse impacto, é fundamental integrar os princípios da economia circular e da reciclagem antes de fabricar o produto.

A iniciativa europeia de promoção do eco-design incluiu a realização de ateliês, em São Petersburgo, com fabricantes e designers em torno de um projeto concreto. O objetivo era convencer um grupo de pessoas, por exemplo, responsáveis políticos, pessoas alérgicas ao pólen e os serviços de limpeza, a apoiar a construção de um muro de vegetação na cidade.

“O ateliê está concebido de forma a apelar imediatamente ao pensamento criativo dos participantes. Em 17 minutos, inventámos 40 formas de 'contornar' a resistência de certos grupos de pessoas", explicou Tatiana Guseva, diretora de uma agência de publicidade e produção em São Peterburgo.

No ano passado, o EcoDesig Circle foi finalista do Prémio Europeu RegioStars na categoria "economia circular.