Última hora
This content is not available in your region

No Meio de Milhões de Peças

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
No Meio de Milhões de Peças
Direitos de autor  PLTVP
Tamanho do texto Aa Aa

Nos subúrbios de Moscovo, está a crescer uma nova cidade com edifícios imponentes, complexos comerciais em expansão, cafés, parques e linhas ferroviárias. Tudo com muito trânsito, muita cor e em tamanho reduzido. O responsável pela arquitetura e pelas construções é um fã destas pequenas peças de plástico.

Timur Murtazin, fundador do Museu "LEt'sGo”, explica que a coleção foi recolhida durante toda a vida. Desde criança que respeita a regra de “montar uma vez e nunca desmontar ou modificar”. A regra continua de pé e, por isso, todas as construções do museu foram montados uma única vez. "Cada casa é uma obra-prima de arquitetura, não só exterior, mas também interior. No interior existem casas de banho, uma banheira, um chuveiro, berços, uma mesa de pingue-pongue ou uma mesa de bilhar”, diz Timur Murtazin.

A “Cidade de Lego” junta monumentos e edifícios históricos com símbolos da cultura popular. Alguns dos edifícios não são simplesmente conjuntos Lego, foram concebidos e criados de raiz por entusiastas. A catedral gótica é composta por 22 mil peças com um peso total de 20 quilos.

Asya Borisova é casada com Timur e é responsável pelo marketing do museu. Não era fã de Legos, mas quando conheceu o marido percebeu que podem ser interessantes não só para as crianças, mas também para os adultos. Interessou-se em estudar a história da empresa. Agora é fã e, muitas vezes, o jogo é uma “forma de meditação".

Situado na cidade de Zvenigorod, o museu abriu pela primeira vez em 2019, ocupando apenas 70 metros quadrados. Neste momento ocupa um espaço cinco vezes maior. Os fundadores garantem que é a maior cidade de Lego do país.