França anuncia suspensão das deportações de migrantes afegãos

França anuncia suspensão das deportações de migrantes afegãos
Direitos de autor Liselotte Sabroe / Ritzau Scanpix / AFP
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

E a Dinamarca acolhe 45 cidadãos afegãos da embaixada dinamarquesa em Cabul.

PUBLICIDADE

França anunciou que suspendeu as deportações de migrantes afegãos. Esta decisão foi tomada tendo em conta os problemas de segurança no Afeganistão.

As autoridades dinamarquesas anunciaram igualmente que vão acolher 45 cidadãos afegãos que trabalham na embaixada dinamarquesa em Cabul. Ser-lhes-á oferecida uma autorização de residência com a validade de 2 anos na Dinamarca. O chefe da diplomacia dinamarquesa recordou que o seu país esteve presente no Afeganistão durante 20 anos.

Como a Dinamarca, que esteve presente no Afeganistão durante duas décadas, tivemos funcionários locais a trabalhar para a Dinamarca no Afeganistão. Temos uma responsabilidade comum de ajudar essas pessoas. E com este acordo feito aqui esta noite, mantemos essa responsabilidade em conjunto.
Jeppe Kofoed
Ministro dos Negócios Estrangeiros da Dinamarca

Nas últimas semanas, a Dinamarca retirou as suas tropas presentes no Afeganistão - tal outros países ocidentais, como os Estados Unidos. O exército afegão luta agora sozinho contra os Talibãs que avançam cada vez mais no terreno.

Há, aproximadamente, um mês, as autoridades afegãs apelaram aos países europeus para que parassem as deportações durante pelo menos os próximos três meses, tendo em conta a situação de segurança no país. Em 2020, um em cada 10 requerentes de asilo na Europa era do Afeganistão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Inglaterra quer devolver migrantes a França

11 mil pessoas retiradas de cidade russa devido a risco de inundações

Milhares de pessoas continuam sem eletricidade na Ucrânia após ataques russos