Última hora
This content is not available in your region

Henri passa de furacão a tempestade

Access to the comments Comentários
De  Ricardo Figueira
euronews_icons_loading
Henri passa de furacão a tempestade
Direitos de autor  AP / Craig Ruttle
Tamanho do texto Aa Aa

A tempestade tropical Henri chegou à costa nordeste dos Estados Unidos, com chuvas torrenciais e ventos fortes, mas ao mesmo tempo uma força menor que a prevista, o que fez com que fosse reclassificada de furacão em tempestade. Esta reclassificação fez muitos habitantes da Nova Inglaterra respirar de alívio.

No estado de Nova Jérsia, várias zonas ficaram inundadas e as autoridades emitiram um alerta de cheias, que acabaram por não se verificar, com a tempestade a mover-se depois para leste, para o Oceano Atlântico.

Esta é uma zona dos Estados Unidos pouco habituada a estes fenómenos naturais. Não acontecia nada assim há 30 anos, desde a tempestade Bob, que atingiu a região em 1991.

Cheias mortíferas no Tennessee

Mais a sul, no Tennessee, o mau tempo assumiu contornos trágicos. As chuvas torrenciais atingiram os 38 centímetros de precipitação e causaram cheias que mataram pelo menos 22 pessoas. Há ainda dezenas de desaparecidos. Os estragos tornaram intransitáveis várias estradas e pontes.