Última hora
This content is not available in your region

Papa visita os mais pobres da Eslováquia

Access to the comments Comentários
De  Euronews com AP
euronews_icons_loading
Papa visita os mais pobres da Eslováquia
Direitos de autor  frame
Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco vai visitar uma das comunidades mais marginalizadas da Europa na próxima semana, quando viajar para a Eslováquia.

O encontro com a comunidade cigana num bairro de Kosice, a segunda maior cidade do país, será um dos pontos mais marcantes da viagem. O bairro Lunik IX é conhecido por ser um local “onde a maioria dos eslovacos não tem coragem de entrar”. Mas a residente Anna Turtakova diz que isso é injusto. "Todos têm medo de serem comidos por lobos em Lunik IX, mas aqui não há lobos, apenas pessoas", afirma.

O bairro é um destino adequado para Francisco, o chamado Papa das Periferias. No Lunik IX vivem algumas das pessoas mais pobres da Eslováquia, com falta de serviços básicos como água corrente ou sistemas de esgotos, de gás e electricidade.

As autoridades locais estão a preparar um acolhimento caloroso para o Papa."É uma enorme honra para nós", diz o presidente da câmara de Lunik IX, Marcel Sana. Para o padre local, Peter Zatkulak, a visita é uma oportunidade de restabelecer a relação, muitas vezes tensa, entre os ciganos e o resto da população da Eslováquia.

Os residentes de Lunik IX esperam que a visita do Papa conduza a uma mudança para melhor. "Ouvi falar dele e que gosta de visitar os mais pobres, o que pode explicar a razão pela qual decidiu vir", diz Monika Gulasova, uma das jovens que pertence a um coro que irá cantar para Francisco durante um serviço religioso.