This content is not available in your region

Eurodeputados preocupados com indígenas em carta a Bolsonaro

Access to the comments Comentários
De  Rodrigo Barbosa
euronews_icons_loading
Indígena em protesto contra Bolsonaro em Brasília
Indígena em protesto contra Bolsonaro em Brasília   -   Direitos de autor  Eraldo Peres/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

Um grupo de cinquenta deputados do Parlamento Europeu enviou uma carta diretamente ao presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, para demonstrar preocupação com o aumento da violência contra os povos indígenas.

O documento destaca, nomeadamente, o aumento de 135% na invasão de terras indígenas no Brasil e critica as políticas de Bolsonaro, que têm sido contestadas pelos próprios povos autóctones na capital, Brasília.

Eraldo Peres/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Indígenas em protesto contra Bolsonaro em BrasíliaEraldo Peres/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

A ONU também exprimiu uma "séria preocupação" face aos ataques contra indígenas e ativistas de direitos humanos no Brasil, país que, segundo o ranking divulgado no domingo pela ONG Global Witness, é a quarta nação com mais assassinatos de defensores do meio ambiente do mundo.

A carta enviada ao presidente brasileiro pelos eurodeputados destaca também a deflorestação na Amazónia, que cresceu 85% desde que Bolsonaro chegou ao poder, ultrapassando anualmente os 10.000 quilómetros quadrados.

CARL DE SOUZA/AFP or licensors
Incêndio na AmazóniaCARL DE SOUZA/AFP or licensors

Apesar dos alertas, o governo brasileiro continua a defender o mega-projeto Ferrogrão, que prevê a construção de uma ligação ferroviária de mil quilómetros que deverá atravessar a Amazónia, dedicada ao transporte de milho e soja.

Um projeto que, segundo as autoridades brasileiras, permitirá beneficiar da crescente procura global de alimentos face ao aumento da população mundial.

Editor de vídeo • Rodrigo Barbosa

Outras fontes • Globo / Folha de São Paulo