EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Partido de Putin destacado nos resultados preliminares das legislativas

Partido de Putin destacado nos resultados preliminares das legislativas
Direitos de autor Evgeniy Sofiychuk/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
Direitos de autor Evgeniy Sofiychuk/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rússia Unida quer manter maioria de dois terços para fazer alterações constitucionais.

PUBLICIDADE

Com as urnas encerradas e lançada a contagem, não tardou até os resultados preliminares darem uma vitória destacada ao Rússia Unida nas eleições legislativas. Ao início da noite, o partido por detrás do presidente Vladimir Putin era creditado com cerca de 38% dos votos, embora algumas sondagens o situassem bem acima da fasquia dos 40%. Atrás vêm os comunistas, com entre 21% a 25%. 

As listas partidárias competem por 225 mandatos, metade dos assentos no parlamento, sendo que a outra parte resulta da votação em círculos uninominais.

Vários observadores recolheram inúmeros relatos de fraudes, que passaram por eleitores a votarem várias vezes em mesas de voto distintas, até ameaças físicas aos grupos que monitorizavam o escrutínio.

Estas eleições, que se prolongaram durante três dias, foram amplamente criticadas por excluírem formações da oposição, nomeadamente a ligada a Alexei Navalny, rotuladas como extremistas. A taxa de participação não suplantou os 40%.

A grande questão está em apurar se o Rússia Unida vai ou não manter a maioria de dois terços que detém, que lhe permite avançar com alterações constitucionais, e consolidar o poder de Putin, a caminho das presidenciais de 2024.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal russo ordena prisão da viúva de Alexei Navalny

Primeiro-ministro da Índia critica invasão russa à Ucrânia durante encontro com Putin

Tribunal Penal Internacional emite mandado de captura contra altos funcionários russos