Última hora
This content is not available in your region

Partido de Vladimir Putin canta vitória na Rússia

Access to the comments Comentários
De  Patricia Tavares
euronews_icons_loading
Partido de Vladimir Putin canta vitória na Rússia
Direitos de autor  Alexei Druzhinin/Sputnik
Tamanho do texto Aa Aa

Ampla vitória do partido de Vladimir Putin nas eleições legislativas confirmada pela Comissão Eleitoral da Rússia. Os resultados são quase finais e o partido Rússia Unida conquista quase 50% dos votos - a formação consegue desta forma uma maioria de dois terços na Duma.

A oposição faz denúncias de fraude, mas a chefe da Comissão Central de Eleições, Ella Pamfilovam, nega as acusações de fraude e denuncia ataques sem precedentes contra a realização deste escrutínio. A oposição denuncia a introdução de buletins suplementares nas urnas, a exclusão dos observadores no momento da contagem e fraudes nos votos online. Acusações feitas por Nikolay Rybakov, líder do partido Yabloko, que obteve menos de 2% dos votos.

Pode-se escrever um manual de falsificações, talvez até um abecedário e para cada letra há uma falsificação... E isto é apenas uma violação no dia das eleições - mas também 5 anos antes - quando há censura nos meios de comunicação social, quando não são permitidos candidatos antes das eleições, quando são aprovadas leis que contribuem para reprimendas políticas, tudo acontece também entre eleições, ou seja, aqueles três dias - são apenas o final de todo o processo.
Nikolay Rybakov
Líder do partido Yabloko

O Partido Comunista do país, o segundo partido mais votado com 19% dos votos, disse não reconhecer os resultados do voto eletrónico em Moscovo. Bruxelas também denunciou o ambiente de intimidação vivido pela oposição e a ausência de uma operação credível de controlo das urnas.