Última hora
This content is not available in your region

Novas evacuações na ilha de La Palma

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Novas evacuações na ilha de La Palma
Direitos de autor  JORGE GUERRERO/AFP or licensors
Tamanho do texto Aa Aa

Na ilha de La Palma, o Cumbre Vieja segue o seu curso imparável, obrigando mais 800 pessoas a abandonarem tudo.

Esta terça-feira a lava cobriu a zona industrial da ilha e destruiu a fábrica de cimento.

A evacuação de novas áreas está a ser feita com calma, mas com muita angústia. Uma mulher afirma, em lágrimas: "Há 40 anos que vivemos aqui. A casa foi feita por nós... Espero que não chegue aqui... Não sei...

Um homem diz: "Estamos a levar o que podemos... A fazer o que podemos".

A ilha continua à mercê dos humores do vulcão, que despertou a 19 de setembro e já destruiu mais de 1200 casas e centenas de hectares de terrenos e culturas agrícolas.

A erupção não dá sinais de abrandamento e, apesar de algum turismo vulcânico, os hotéis estão vazios.

Com os voos a serem afetados pelas cinzas, não há visitantes. Os terraços e as as praias estão desertos. As reservas que estavam feitas têm vindo a ser canceladas e nem o Dia Nacional de Espanha, que hoje se celebra, e tradicionalmente atrai muitos visitantes, salva as esperanças do setor turístico, principal fonte de rendimento da ilha.