OMS pede 20 mil milhões de euros para travar pandemia

OMS pede 20 mil milhões de euros para travar pandemia
Direitos de autor Photo : FABRICE COFFRINI (AP)
Direitos de autor Photo : FABRICE COFFRINI (AP)
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Organização quer ajudar países pobres e evitar cinco milhões de mortes

PUBLICIDADE

O chefe da Organização Mundial da Saúde (OMS) alertou esta quinta-feira para o aumento das infeções e mortes por covid-19. É a primeira vez nos últimos dois meses que os números sobem, impulsionados por novos surtos na Europa que superam situações mais controladas noutras partes do mundo.

A OMS reforça a ideia que a pandemia está longe de ter terminado e que persiste, em grande parte, por causa do acesso não equitativo às vacinas.

Numa conferência de imprensa sobre a covid-19, o diretor-geral da organização pediu um financiamento global de mais de 20 mil milhões de euros para apoiar os países menos desenvolvidos e evitar cinco milhões de mortes. “É uma gota no oceano em comparação com o custo de falhar em acabar com a pandemia", afirmou Tedros Adhanom Ghebreyesus.

As autoridades sublinham a importância das vacinas, aumentam a produção e não esquecem a partilha com os países em desenvolvimento.

A presidente da Comissão Europeia espera que, durante o próximo ano, os 27 produzam mais de 3 mil milhões de doses de vacinas. Para além das exportações, a Comissão e os Estados-membros doarão mais de 500 milhões de doses até meados 2022. Ursula von der Leyen espera mais compromissos de ajuda por parte dos Estados membros.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos contra passe sanitário e vacinas obrigatórias

Apelo ao reforço da Operação Aspide de proteção dos navios do Mar Vermelho

Funcionário sueco da UE detido há dois anos no Irão