This content is not available in your region

Apurados os finalistas dos mundiais de boxe da AIBA

De  Euronews
euronews_icons_loading
Apurados os finalistas dos mundiais de boxe da AIBA
Direitos de autor  Frank Franklin II/Copyright 2021 The Associated Press. All rights reserved

26 emocionantes combates nestas semifinais dos Mundiais de Boxe Masculino da AIBA em Belgrado, na Sérvia. 26 finalistas apurados, dos quais vão sair os 13 grandes campeões dos vários títulos em jogo.

"Fair Chance, Fair Fight" (oportunidades justas, combate justo) é o lema desta competição. A AIBA assegura a equidade com um processo revisto para a escolha dos árbitros. Os peritos independentes marcam também presença.

Não são só as medalhas de ouro, cintos e títulos de prestígio que estão em jogo. Há também grandes prémios em dinheiro. Os vencedores recebem cem mil dólares, os segundos classificados 50 mil e os medalhistas de bronze 25 mil dólares.

A superestrela cubana Julio de la Cruz pode em breve obter a quinta medalha de ouro dos mundiais e o segundo lugar na lista de atletas mais condecorados do torneio. Ganhou o seu primeiro Campeonato do Mundo AIBA em 2011 e continua no topo da lista. Na final, enfrenta um jovem talento talento italiano: Aziz Abbes Mouhiidine, de 23 anos.

Sofiane Oumiha, francês, quer repetir o sucesso de 2017, quando ganhou uma medalha de ouro em Hamburgo. Há dois anos, não conseguiu chegar às meias-finais em Ekaterinburgo e agora tem só um objetivo... o derradeiro combate nestes mundiais é contra Abdulmalik Khalokov, do Uzbequistão, que chegou às finais sem qualquer dificuldade.

Sewon Okazawa, do Japão, foi uma das surpresas deste evento, ao eliminar Ablaikhan Zhussupov, do Cazaquistão. Na final, enfrenta Omari Jones, dos Estados Unidos. Outro atleta japonês, Tomoya Tsuboi, avançou também para a ronda decisiva.

A equipa norte-americana está a brilhar nestes mundiais, provando que o trabalho árduo valeu a pena. Os Estados Unidos têm quatro representantes na fase final. O mesmo número de candida tos à medalha de ouro vem do Cazaquistão. A equipa deste país deu o melhor no torneio e provou o estatuto de potência do boxe com uma equipa renovada com muitos jovens talentos a bordo. Com grande probabilidade, são estas duas as equipas que vão lutar pela liderança da tabela de medalhas.

Pela primeira vez, a Fair Chance Team entrou na competição. Esta equipa dá oportunidade de competir àqueles que não podem, por alguma razão, representar o seu país.

Os embaixadores da AIBA Roy Jones Jr, Roberto Cammarelle, Zeina Nassar, Milos Bikovic e Said Taghmaoui apoiaram as equipas ao longo de toda a competição.

As finais são realizadas durante todo o fim de semana e podem ser acompanhadas em direto no nosso site, euronews.com