This content is not available in your region

Tensões na fronteira ucraniana

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Tensões na fronteira ucraniana
Direitos de autor  Jonathan Nackstrand/AFP or licensors

Mantém-se a tensão nas relações entre Estados Unidos e a Rússia. O Secretário de Estado norte-americano, Antony Blinken, e o Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, encontraram-se na Suécia na quinta-feira, à margem de uma reunião da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE). Com uma situação tensa na fronteira com a Ucrânia e receios de uma invasão da Rússia, entre trocas de avisos e ameaças, os dois representantes disseram pretender resolver a questão através da diplomacia.

O Secretário de Estado dos Estados Unidos, deixou um novo alerta a Moscovo:

O mais importante que a Rússia deve entender é que as ações têm consequências. Essas consequências são reais. Não são benéficas para a Rússia e ter um conflito não é benéfico para ninguém. O presidente Biden, quando falou com o presidente Putin em Genebra há alguns meses, disse que nossa forte preferência nos Estados Unidos é ter uma relação estável e previsível com a Rússia. A Rússia movendo-se agressivamente contra a Ucrânia novamente... iria no sentido contrário de uma relação estável e previsível. Não acho que isso seja bom para nenhum de nós, mas o presidente foi igualmente claro: se a Rússia decidir agir de forma imprudente - vamos responder.
Antony Blinken
Secretário de Estado dos Estados Unidos