EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Oposição de Macron critica bandeiras europeias em monumentos de França

Bandeira da União Europeia sob o Arco do Triunfo, em Paris, França
Bandeira da União Europeia sob o Arco do Triunfo, em Paris, França Direitos de autor ALAIN JOCARD/AFP or licensors
Direitos de autor ALAIN JOCARD/AFP or licensors
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O início da presidência francesa da União Europeia foi assinalado com iluminações e bandeiras da UE em vários monumentos do país. Oposição de direita acusa o presidente Macron de "apagar a identidade francesa".

PUBLICIDADE

França vestiu de azul a fachada de vários monumentos nacionais para assinalar o início da presidência rotativa da União Europeia (UE), deixada pela Eslovénia.

O país detém, desde 01 de janeiro, a presidência do Conselho da UE, que representa os interesses dos 27 Estados-membros perante a Comissão Europeia e o Parlamento Europeu.

A oposição de Emmanuel Macron acusa, no entanto, o presidente de estar a apagar a identidade francesa.

A ação foi particularmente criticada pelas candidatas às presidenciais da direita, Valérie Pécresse, e extrema-direita, Marine Le Pen, quando a bandeira europeia substituiu a habitual bandeira tricolor do país sob o Arco do Triunfo, em Paris.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França assume presidência rumo a Europa "poderosa" e "soberana"

França assume presidência rotativa do Conselho da União Europeia

França prepara-se para assumir presidência da UE