euronews_icons_loading
Protestos em Sidney contra a detenção de Novak Djokovic

Dezenas de manifestantes reuniram-se frente à residência do primeiro-ministro australiano, em Sidney, no domingo à tarde para manifestarem a sua oposição aos mandatos de vacinação e à detenção da estrela do ténis, Novak Djokovic.

O protesto foi pacífico e foi observado à distância por agentes da polícia estatal.

No domingo, Djokovic passou um quarto dia num hotel de detenção do serviço de imigração, em Melbourne. O tenista aguarda os procedimentos do tribunal na segunda-feira que irão determinar se ele pode defender o seu título no Open da Austrália ou se será deportado.