This content is not available in your region

Perspectivas Sociais e de Emprego "incertas" no mundo

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP, AP
euronews_icons_loading
Organização Internacional do Trabalho diz que recuperação, a nível global, perdeu dinamismo
Organização Internacional do Trabalho diz que recuperação, a nível global, perdeu dinamismo   -   Direitos de autor  AFP

As "Perspetivas Sociais e de Emprego no Mundo" apresentadas pela Organização Internacional do Trabalho dão conta de que a recuperação, a nível global, perdeu dinamismo e continuam "incertas e frágeis". Os níveis pré-pandemia só deverão ser alcançados em 2023, dependendo de onde se vive. 

A Covid-19 contribuiu em muito para isso. Guy Ryder, diretor-geral do referido organismo, explicava que "há desigualdades devido, em grande parte, ao lançamento diferenciado de vacinas, a uma capacidade díspar de estímulo, a capacidades financeiras diferentes". Há países, regiões, que "estão a agir melhor do que outros", referia. "Os países ricos, a Europa e a América do Norte, estão a voltar aos níveis pré-pandémicos mais rapidamente, mas algumas regiões estão a sair-se menos bem", concluía.

A atual situação pode retardar a entrada dos jovens no mercado de trabalho, ou levá-los para empregos não condicentes com a sua formação académica, ou a períodos prolongados e repetidos de desemprego, inatividade. As implicações, nos percursos profissionais e perspetivas de ganhos, podem ser de longo prazo.