euronews_icons_loading
Protesto no Dia da Austrália pela alegada invasão britânica no território aborígene

Dezenas de milhares de pessoas cumpriram o tradicional protesto do Dia da Austrália, que se celebra esta quarta-feira, 26 de janeiro.

Os manifestantes assinalaram uma vez mais o que dizem ser o "Dia da Invasão", considerando ter sido este o dia, em 1788, em que a grande ilha da Oceânia viu a invasão concretizada com o hastear da bandeira do Reino Unido em Sydney Cove para reclamar o território como parte do império britânico.

Há quem defina a data também como "o dia da sobrevivência" ou "o dia do luto". Os protestos são realizados com a presença habitual de muitas bandeiras aborígenes, o povo nativo da Austrália.