EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Contingente militar americano reforça presença da NATO no Mar Negro

Contingente militar americano reforça presença da NATO no Mar Negro
Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O primeiro contingente de soldados americanos chegou esta sexta-feira à Roménia para reforçar a presença da NATO no Mar Negro

PUBLICIDADE

Já chegou o primeiro destacamento militar de soldados norte-americanos à Roménia para reforçar a presença da NATO no Mar Negro, face à hipotética ameaça de uma invasão russa da Ucrânia. A receber os soldados estavam o Ministro romeno da Defesa e o Secretário-geral da NATO.

Jens Stoltenberg afirmou: "Estamos empenhados no diálogo e em encontrar uma solução política. Reiterei o meu convite à Rússia para se reunir novamente no Conselho NATO/Rússia o mais rapidamente possível para abordar as questões cruciais para a segurança europeia, incluindo a transparência na redução de riscos e o controlo do armamento".

Reiterei o meu convite à Rússia para se reunir novamente no Conselho NATO/Rússia o mais rapidamente possível
Jens Stoltenberg
Secretário-geral da NATO

Estas tropas vêm de uma base americana na Alemanha, ainda que o chanceler alemão, Olaf Scholz ,continue a insistir na diplomacia para resolver a crise.

"Irei a Kiev e a Moscovo na próxima semana, tudo para garantir que conseguimos exatamente isso: assegurar a paz na Europa - e isso vale todos os esforços. No entanto, as crises dos últimos anos também demonstraram como a União Europeia, por exemplo, é vulnerável - mais uma razão para reforçar a Europa", disse Scholz no Bundestag.

Um tom bem diferente da comunicação alarmante da Casa Branca e em contraste com as maciças concentrações de soldados e arsenal militar da Rússia ao longo das fronteiras ucranianas, onde já estarão cerca de 100 mil efetivos do exército russo.

Sobre o contingente que esta sexta-feira chegou à Roménia, o correspondente da Euronews, Claudiu Popa, explica: "A partir de agora, as novas tropas americanas chamadas Task Force Cougar vão treinar com o exército romeno. O objetivo dos exercícios militares é aumentar o respeito mútuo e a confiança entre os exércitos".

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia diz ter atingido navio de mísseis russo

Eleições europeias: O que é que os eleitores querem e o que é que os candidatos prometem?

Rússia: a quinta tomada de posse de Vladimir Putin no Kremlin