Celebra-se o Dia Internacional da Mulher

Celebra-se o Dia Internacional da Mulher
Direitos de autor يورونيوز
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A "igualdade de género hoje para um amanhã sustentável" discutida no Dubai.

PUBLICIDADE

"Igualdade de género hoje para um amanhã sustentável": é este o lema deste ano do Dia Internacional da Mulher. A 8 de Março fala-se de igualdade. Em entrevista à Euronews na Dubai Expo, a Subsecretária Geral das Nações Unidas para as Comunicações Globais, falou sobre o que é necessário para assegurar esta igualdade no futuro.

Melisa Flemming disse que "o mais importante é a educação das raparigas. Que se todas as raparigas frequentarem a escola e não só a escola primária mas também o ensino secundário e com a oportunidade de irem para a universidade - que são esses os alicerces para a construção do futuro - porque, na sua opinião existem demasiadas raparigas fora da escola. E que "quando estão fora da escola estão mais sujeitas à violência, muito mais susceptíveis a casarem e são muito menos capazes de fazer valer os seus direitos". Defendendo que "as políticas e o direito fazem uma enorme diferença. Nos países que têm leis que promovem a igualdade no local de trabalho, que têm leis contra a violência e onde existe justiça, vemos as mulheres a subirem ao topo".

Nos países que têm leis que promovem a igualdade no local de trabalho, que têm leis contra a violência e onde existe justiça, vemos as mulheres a subirem ao topo.
Melisa Flemming
Subsecretária Geral das Nações Unidas para as Comunicações Globais

Nos países que têm leis que promovem a igualdade no local de trabalho, que têm leis contra a violência e onde existe justiça, vemos as mulheres a subirem ao topo".

Melisa Flemming  Subsecretária Geral das Nações Unidas para as Comunicações Globais

No Dia Internacional da Mulher celebram-se as realizações culturais, políticas e socioeconómicas das mulheres - em tom de igualdade.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento Europeu presta homenagem a Mahsa Amini e às mulheres do Irão

75 anos após a Declaração Universal dos Direitos do Homem: ainda faz sentido?

Empresa de Robert de Niro vai pagar por discriminação de género