This content is not available in your region

Arranca campanha eleitoral para as presidenciais francesas

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira  com AFP
Arranca campanha eleitoral para as presidenciais francesas
Direitos de autor  SEBASTIEN SALOM-GOMIS/AFP or licensors

Arrancou oficialmente, esta segunda-feira, a campanha eleitoral para as presidenciais francesas. Umas eleições com 12 candidatos, parte deles que se lança na corrida pela primeira vez, outros nem por isso.

As sondagens continuam a dar o atual chefe de Estado como vencedor do escrutínio, apesar de Emmanuel Macron se ter mantido, por agora, mais preocupado com a crise na Ucrânia, que lhe valeu, aliás, um aumento de popularidade enquanto no seio do seu partido o descontentamento, o desalento, começa a ser visível.

Tudo aponta para que Marine Le Pen, da União Nacional, partido de extrema-direita, volte a ser, como aconteceu em 2017, a adversária de Macron no segundo turno.

Mas o rival de Le Pen, Eric Zemmour, a conservadora Valérie Pécresse e Jean-Luc Mélenchon, da extrema-esquerda esperam que as previsões não se concretizem.

A segunda volta das eleições, que porá frente a frente dois candidatos, está agendada para 24 de abril.