This content is not available in your region

Amnistia Internacional condena transferência do caso Khashoggi

Access to the comments Comentários
De  euronews
euronews_icons_loading
Jamal Khashoggi foi assassinado em 2018
Jamal Khashoggi foi assassinado em 2018   -   Direitos de autor  Emrah Gurel/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved

A Amnistia Internacional condenou a intenção da Turquia de transferir para a Arábia Saudita o processo do caso de Jamal Khashoggi.

O parecer positivo sobre a transferência foi anunciado na sexta-feira pelo ministro turco da Justiça, Bekir Dozdag.

"Hoje é um dia negro para aqueles que passaram mais de três anos a fazer campanha por justiça para o assassinato de Jamal Khashoggi. Ao transferir o caso, a Turquia estará consciente e voluntariamente a enviar o caso de volta para as mãos daqueles que são responsáveis por ele", escreveu no Twitter a secretária-geral da Amnistia Internacional, Agnès Callamard.

O jornalista saudita foi assassinado e desmembrado no interior do Consulado da Arábia Saudita em Istambul, em 2018.