EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Começa o Ramadão

Muçulmanos celebram a revelação do Alcorão pela primeira vez ao profeta Maomé, marcando o evento com abstinência
Muçulmanos celebram a revelação do Alcorão pela primeira vez ao profeta Maomé, marcando o evento com abstinência Direitos de autor AP Photo/Emrah Gurel
Direitos de autor AP Photo/Emrah Gurel
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Muçulmanos de todo o mundo iniciam o mês do Ramadão, este ano marcado pela guerra na Ucrânia

PUBLICIDADE

Começa, este sábado, o Ramadão, o nono mês do calendário islâmico e que marca um período sagrado para os muçulmanos em todo o mundo.

Durante os próximos 29 ou 30 dias, os muçulmanos celebram a revelação do Alcorão pela primeira vez ao profeta Maomé, marcando o evento com abstinência entre o nascer e o pôr-do-sol.

Em Marrocos, os mercados encheram-se de pessoas, na sexta-feira, devido aos preparativos para este mês de jejum...

Na Faixa de Gaza, as festividades são ensombradas, este ano, pelo forte aumento dos preços dos bens essenciais como pão ou óleo...

A escalada da inflação, devido à guerra na Ucrânia, penaliza, também, os muçulmanos no Quénia. A maioria dos países africanos importa cerca de 90% do trigo da Rússia.

Na Turquia, as mesquitas preparam-se para receber os fiéis para a tarawih, "a oração noturna" que se realiza no mês do Ramadão.

Em Istambul, a antiga basílica de Santa Sofia, transformada em mesquita em 2020, recebe, pela primeira vez em 88 anos, as orações tarawih.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ritual de "apedrejamento do diabo" marca início do Eid al-Adhar

Reunidos à mesa para refeição "iftar" no Iraque

Gaza na memória dos muçulmanos por ocasião do Eid al-Fitr