This content is not available in your region

Confrontos em Jerusalém na última sexta-feira do Ramadão fazem mais de 40 feridos

Access to the comments Comentários
De  Francisco Marques
euronews_icons_loading
Fiéis islâmicos rezam na Noite do Destino, na Esplanda das Mesquitas, em Jerusalém
Fiéis islâmicos rezam na Noite do Destino, na Esplanda das Mesquitas, em Jerusalém   -   Direitos de autor  AP Photo/Mahmoud Illean

A última sexta-feira de Ramadão no mundo islâmico acordou com confrontos na Esplanada das Mesquitas, em Jerusalém.

Pelo menos 42 pessoas terão ficado feridas na sequência de confrontos com polícia israelita, anunciou o Crescente Vermelho, o braço islâmico da Cruz Vermelha Internacional.

A intervenção de alguns palestinianos terá ajudado a serenar os ânimos entre os manifestantes, que atiravam pedras aos agentes hebraicos.

O pânico chegou a instalar-se no local e as autoridades israelitas tentaram assegurar o controlo da zona, expulsando do local os fiéis muçulmanos.

Milhares de pessoas são esperados ao longo desta sexta-feira para rezar na esplanada das mesquitas, com o Ramadão previsto terminar no próximo domingo.

Nas últimas semanas, os confrontos entre palestinianos e as autoridades israelitas na Cidade Velha de Jerusalém terão feito mais de 200 feridos.

Na quinta-feira, Israel anunciou a mobilização de cerca de 3 mil agentes da autoridade para Jerusalém.

Outras fontes • AFP, Times of Israel