This content is not available in your region

Muçulmanos festejam fim do Ramadão

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Muçulmanos festejam fim do Ramadão. -
Muçulmanos festejam fim do Ramadão. -   -   Direitos de autor  AFP

Celebra-se esta segunda-feira o Eid al-Fitr, fim do jejum de 30 dias imposto pelo mês sagrado do Ramadão, durante o qual os crentes se abstêm de comer e beber entre o nascer e o pôr-do-sol. O movimento islamista Hamas, que controla a Faixa de Gaza, assinalou o evento com uma celebração religiosa na cidade de Gaza.

Na Indonésia, milhões de muçulmanos celebraram também o fim do Ramadão, após dois anos de restrições às celebrações e de contrangimentos nas deslocações dos cidadãos, devido à pandemia.

Estou muito contente porque há dois anos que não podemos celebrar juntos em oração e hoje podémos finalmente fazê-lo, para aprofundar a nossa fé. Hoje ouvimos um sermão que nos ensina a sermos bons crentes.
Epi Tanjung, crente

Na Arábia Saudita, centenas de fiéis reuniram-se em Riade na mesquita al-Rajhi, para a celebração da ocasião.

O fim do jejum é normalmente assinalado em família, com mesa cheia e celebrações que podem durar até três dias marcados pela oração e pela partilha.