This content is not available in your region

Tesla pode suprimir 10% dos empregados

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Elon Musk
Elon Musk   -   Direitos de autor  Susan Walsh/Copyright 2020 The Associated Press. All rights reserved.

A Tesla poderá em breve suprimir 10% da força laboral. Essa foi, pelo menos, a indicação dada pelo patrão do fabricante de automóveis elétricos, o multimilionário Elon Musk, num correio eletrónico dirigido à direção da empresa e que acabou filtrado nos meios de comunicação nos Estados Unidos.

Musk sugere também a "suspensão de todas as contratações" a nível mundial, afirmando ter "um super mau pressentimento acerca da economia". A divulgação da mensagem provocou uma forte queda nas ações da Tesla.

Uma redução de 10% no número de empregados do fabricante automóvel significaria a supressão de cerca de 10.000 postos de trabalho.

Na quarta-feira, outra mensagem de Musk tinha gerado polémica, ao afirmar que "quem quiser efetuar teletrabalho deve estar presente na empresa no mínimo 40 horas por semana ou sair da Tesla".