This content is not available in your region

Greve no aeroporto Charles de Gaulle cancela um quarto dos voos

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Aeroporto Charles de Gaulle, Paris.
Aeroporto Charles de Gaulle, Paris.   -   Direitos de autor  Christophe Ena/Copyright 2019 The Associated Press. All rights reserved.

Segundo a autoridade aeroportuária (ADP), cerca de um quarto dos voos programados para a manhã desta quinta-feira no aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, foram cancelados devido à greve de funcionários, que exigem aumentos salariais, melhores condições de trabalho e a contratação de mais pessoal.

A Direção Geral de Aviação Civil Francesa (DGAC) pediu às companhias aéreas que reduzissem o número de voos durante as horas da manhã.

Na minha opinião, esta não vai ser a última greve e a adesão vai aumentar.
Grevista

Os sindicatos apelam à mobilização dos seus membros e exigem um "aumento salarial incondicional de €300, para todos."

Este é o nosso poster. Os trabalhadores em greve estão a manifestar-se contra o aumento do custo de vida. Comos escrevemos no poster, enfrentamos dificuldades para comer, encontrar casa e vir para o trabalho.
Grevista

A subida do número de passageiros nos aeroportos europeus após o fim das restrições da pandemia está a causar problemas logísticos, devido à redução de pessoal durante os dois anos da crise.

Este verão o volume de tráfego aéreo deverá atingir 95% do verificado no verão de 2019, antes da pandemia.