Salsa torna-se Património Cultural Imaterial da Colômbia

Dançarinos de Salsa Caleña
Dançarinos de Salsa Caleña Direitos de autor AP / William Fernando Martinez
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cidade de Santiago de Cali celebrou com muita Salsa nas ruas, o anúncio da decisão do governo colombiano.

PUBLICIDADE

A Salsa Calenã, nascida e dançada na cidade colombiana de Santiago de Cali, tornou-se Património Cultural Imaterial da Colômbia.

Cali é já conhecida como a capital mundial da Salsa e este reconhecimento pelo governo colombiano, nas celebrações dos 486 anos do seu nascimento, encheu de alegria os caleños e de ritmo e festa as ruas da cidade.

Laura Perdomo dançarina de Salsa diz-se orgulhosa: "Dançar enche-me de orgulho. Enche-me de alegria, saber que posso dar tudo aquilo que amo e que os outros podem desfutar daquilo que eu gosto de fazer".

Com un ritmo frenético e contagioso, a salsa caleña destaca-se pelo seu estilo singular, fruto de uma mistura de sons africanos, com a salsa de Nova Iorque e o revivalismo cubano dos anos 50.

Para além das origens, cada geração oferece novas contribuições para a salsa caleña. Passos de dança sempre mais rápidos e piruetas mais intrépidas, que a fazem evoluir do estilo tradicional e a tornam única.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Deslizamento de terra na Colômbia mata pelo menos 15 pessoas

UNESCO estuda propostas para incluir na lista de património imaterial

Espetáculo "Bola de Papel" conquista mundial.