EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Olaf Scholz quer prolongar a vida das centrais nuclerares alemãs

Olaf Scholz nas instalações da Siemens
Olaf Scholz nas instalações da Siemens Direitos de autor Bernd Thissen/(c) Copyright 2022, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
Direitos de autor Bernd Thissen/(c) Copyright 2022, dpa (www.dpa.de). Alle Rechte vorbehalten
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Com a crise energética, o chanceler da Alemanha quer manter ativas as três últimas centrais nucleares do país, que deveriam encerrar no final do ano

PUBLICIDADE

Com a crise energética e a dependência do gás russo, Olaf Scholz está pronto a prolongar a vida das últimas três centrais nucleares alemãs.

O país tinha decidido, na era Merkel, eliminar progressivamente a energia nuclear até o final deste ano.

A decisão deverá ser tomada nas próximas semanas após os testes de peritos às instalações das centrais.

Uma vez conhecidos os resultados deste "teste de stress", "tiraremos então as nossas conclusões", disse o chanceler numa visita a Mülheim an der Ruhr, no oeste da Alemanha.

O chanceler alemão visitou o local da Siemens Energy industrial, onde uma turbina de gás, recentemente reparada no Canadá, se destina a equipar o gasoduto Nord Stream 1, que liga a Rússia à Alemanha, mas está atualmente bloqueado na Alemanha e Berlim e Moscovo estão em desacordo quanto às razões.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kremlin anuncia exercícios com armas nucleares táticas após "comentários provocatórios" do ocidente

Centrais nucleares iranianas não foram danificadas após alegado ataque israelita

Ataques em Zaporíjia: "Estamos perigosamente perto de um acidente nuclear"