This content is not available in your region

Lançamento do foguetão lunar da Missão Artemis I adiado

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Foguetão lunar vai partir do Central Espacial Kennedy, na Flórida, Estados Unidos
Foguetão lunar vai partir do Central Espacial Kennedy, na Flórida, Estados Unidos   -   Direitos de autor  Chris O'Meara/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.

A NASA cancelou o regresso à Lua que estava marcado para este sábado. O lançamento do foguetão lunar foi novamente adiado devido a uma fuga de combustível e outros problemas técnicos. Já na semana passada, foram questões térmicas que ditaram o insucesso da missão.

Para já, ainda não existe nova data concreta. Espera-se que seja ainda na primeira quinzena de setembro.

Jim Free, responsável da NASA, disse que as janelas de lançamento previamente definidas estão descartadas, uma vez que não irão lançar o foguetão no período que termina na terça-feira. As próximas janelas de lançamento vão "depender das opções que a equipa terá na segunda-feira ou no início da manhã de terça-feira”, acrescentou.

Milhares de pessoas aguardavam, este sábado, 03 de setembro, com expetativa, junto ao Centro Espacial Kennedy, na Flórida (Estados Unidos), pelo lançamento do foguetão não tripulado, que vai realizar uma missão em torno do satélite da terra.

David D'Alessandro, cidadão norte-americano, referiu que há 50 anos que se aguarda pelo regresso do Homem à lua e recordou a data de Dezembro de 1972, a última vez que o ser humano pisou a lua, durante a missão Apollo 17.

Acrescentou que, no próximo dezembro, se completa meia década e que deverímos ter regressado muito mais cedo, mostrando-se ansioso pelo grande momento.

Este lançamento é o primeiro de seis previstos pela NASA até 2028 para preparar terreno. O passo seguinte será o regresso do Homem à Lua e depois a ida a Marte, prevista para 2040.