EventsEventos
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Kiev recuperou 300 localidades numa semana

Soldado ucraniano em cima de um tanque numa parte libertada da região de Kharkiv
Soldado ucraniano em cima de um tanque numa parte libertada da região de Kharkiv Direitos de autor Kostiantyn Liberov/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
Direitos de autor Kostiantyn Liberov/Copyright 2022 The Associated Press. All rights reserved.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Chefe da diplomacia europeia vai propôr mais financiamento para armas para a Ucrânia

PUBLICIDADE

Nas localidades da região de Kharkiv recuperadas numa surpreendentemente bem sucedida contraofensiva, soldados ucranianos queimavam esta terça-feira bandeiras russas e removiam as marcas da ocupação.

De acordo com Kiev, no espaço de uma semana, o Exército ucraniano recuperou mais de trezentas localidades que estavam sob controlo russo, num total de 3800 quilómetros quadrados.

Esta segunda-feira, o presidente Volodymyr Zelenskyy já tinha dito que, desde o início da contraofensiva, tinham sido recuperados mais de 6000 quilómetros quadrados do território ucraniano ocupado.

Face ao rápido avanço das tropas ucranianas, as forças russas respondem com "bombardeamentos maciços" sobre todas as frentes.

Em termos da diplomacia, o chanceler alemão pediu ao Kremlin a "retirada completa" das suas tropas, enquanto o chefe da política externa da União Europeia, Josep Borrell, anunciava a intenção de propôr aos Estados-membros um novo financiamento para o fornecimento de armas à Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

G7 vai explorar formas de utilizar os ativos russos congelados para ajudar Kiev

Ataque aéreo a Kharkiv faz pelo menos sete mortos. Zelenskyy condena brutalidade russa

Ataque russo com mísseis faz seis mortos em subúrbio de Kharkiv