EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Ex-diretor executivo da FTX detido nas Bahamas após "crash" milionário da empresa

Logo da FTX no topo da FTX Arena, em Miami, Estados Unidos
Logo da FTX no topo da FTX Arena, em Miami, Estados Unidos Direitos de autor AP Photo/ Rebecca Blackwell/Arquivo
Direitos de autor AP Photo/ Rebecca Blackwell/Arquivo
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Samuel Bankman-Fried era alvo de um mandado de captura dos Estados Unidos após a falência da outrora valiosa empresa de criptomoedas e do desaparecimento de mil milhões de dólares

PUBLICIDADE

O antigo diretor executivo da FTX, Sam Bankman-Fried, foi detido esta segunda-feira à noite nas Bahamas, confirmou o procurador-geral daquele paraíso fiscal, nas Caraíbas.

A detenção aconteceu a pedido do Departamento da Justiça dos Estados Unidos, com base numa acusação apresentada pelo distrito sul de Nova Iorque.

Sam Bankman-Fried está a ser investigado após a súbita implosão da FTX, outrora uma das maiores empresas de criptomoedas do mundo, avaliada em 32 mil milhões de dólares (30,3 mil milhões de euros), mas que abriu falência a 11 de novembro, provocando uma bola de neve em empresas subsidiárias da FTX.

Pelo menos mil milhões de dólares em fundos de clientes terão desaparecido.

Sam Bankman-Fried reconheceu falhas na gestão de riscos, mas nega ter tentado cometer fraude.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sam Bankman-Fried, magnata das criptomoedas, condenado a 25 anos de prisão

Youtuber Diamond Tema deixa a Turquia após ameaças de prisão

Rússia prende cidadão francês sob suspeita de espionagem