EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Volodymyr Zelenskyy diz que envio de tanques "é a única solução"

Os tanques são essenciais para a contraofensiva ucraniana
Os tanques são essenciais para a contraofensiva ucraniana Direitos de autor Michael Sohn/AP2011
Direitos de autor Michael Sohn/AP2011
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Aliados ocidentais protelam decisão para enviar tanques para a Ucrânia. Volodymyr Zelenskyy afirma que só com os veículos blindados os ucranianos podem derrotar os invasores russos

PUBLICIDADE

A Ucrânia terá de aguardar para obter os tanques necessários para desencadear uma nova ofensiva contra as forças da Rússia depois dos aliados ocidentais não terem chegados a acordo em Ramstein, na Alemanha, em particular devido à ausência de autorização do Governo de Berlim.

O presidente ucraniano considerou "não existir outra solução" para colocar fim à guerra e expulsar os russos.

Volodymyr Zelenskyy afirmou que "deveremos ainda bater-nos pelo fornecimento de tanques modernos, mas cada dia se torna mais evidente que não existe outra solução além da tomada de uma decisão sobre os tanques".

O porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos da América, John Kirby, afirmou que "é perfeitamente compreensível que o presidente Zelenskyy, enfrentando o que está a enfrentar no Donbas e esperando enfrentar essas mesmas ameaças nas próximas semanas, queira alguns tanques adicionais".

Washington prevê que a Ucrânia lance uma contraofensiva na primavera. Os Estados Unidos e outros países comprometeram-se já a enviar para o país um grande número de veículos blindados que poderão desempenhar um papel importante na luta contra os invasores russos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Putin diz que não quer tomar cidade de Kharkiv

Zelenskyy visitou hospital militar em Kharkiv e garantiu que situação está "sob controlo"

Zelenskyy visita Kharkiv e admite situação "extremamente difícil" na região