Papa apela à paz em visita ao Sudão do Sul

Papa visita Sudão do Sul
Papa visita Sudão do Sul Direitos de autor Gregorio Borgia/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Em discurso vincadamente político, sumo pontífice destacou a importância de garantir o bem-estar e a segurança das mulheres.

PUBLICIDADE

Num país dividido pela guerra, a visita do Papa era aguardada por muitos como o primeiro passo no caminho da paz. O líder da Igreja católica está no Sudão do Sul, onde este sábado se encontrou com um grupo de deslocados pelo conflito e autoridades da capital.

Infelizmente, neste país devastado pela guerra, ser um deslocado ou um refugiado tornou-se uma experiência comum e coletiva
Papa Francisco

Através de um discurso vincadamente político, Francisco apelou aos dirigentes nacionais que retomem de forma séria a paz, um processo que, de acordo com o Papa,  não pode esquecer a forma como as mulheres são tratadas, quando no país os casos de violência sexual e casamentos infantis abundam e a taxa de mortalidade materna é a mais elevada do mundo.

O discurso enérgico contrastou com a visível debilidade física de Francisco. No entanto, o esforço foi apreciado por quem desde muito cedo se dirigiu à catedral de Santa Teresa, cerca de quatro mil pessoas que não quiseram perder a oportunidade de receber a bênção do Sumo pontífice.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Papa Francisco internado devido a uma infeção respiratória

Papa em visita à RD Congo: "Tirem as mãos de África"

Décima visita do Papa a África