EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Primeira-ministra da Moldávia demite-se

A primeira-ministra da Moldávia demitiu-se
A primeira-ministra da Moldávia demitiu-se Direitos de autor Virginia Mayo/AP Photo
Direitos de autor Virginia Mayo/AP Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A primeira-ministra da Moldávia demitiu-se, provocando a queda do Governo. Ao anunciar a demissão Natalia Gavrilita lembrou que assumiu um mandato anticorrupção, pró-desenvolvimento e pró-europeu.

PUBLICIDADE

A primeira-ministra da Moldávia demitiu-se, provocando a queda do Governo. Ao anunciar a demissão Natalia Gavrilita lembrou que assumiu um mandato anticorrupção, pró-desenvolvimento e pró-europeu. Um mandato dificultado pela geopolítica da região. Gavrilita realçou que ninguém esperava que o seu Governo, eleito há um ano e meio, "tivesse que administrar tantas crises causadas pela agressão russa na Ucrânia".

A guerra no país vizinho provocou tensões na Moldávia, também ela uma ex-república soviética com uma região separatista controlada pela Rússia, mas que luta para sair da esfera de influência de Moscovo.

O mandato da primeira-ministra demissionária ficou marcado por vários problemas, como a crise energética, a subida vertiginosa da inflação e mísseis a atravessar o seu espaço aéreo.

A presidente da Moldávia vai nomear um novo Governo, que terá de ser aprovado pelo Parlamento.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Separatistas da Transnístria pedem a Moscovo "proteção" contra a pressão da Moldova

Autárquicas na Moldávia ensombradas pela influência da Rússia

Lituanos voltam às urnas para a segunda volta das eleições presidenciais