EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Porque estão os protestos climáticos a tornar-se mais agressivos na Europa?

Uma das 276 autoestradas cortadas por protestos na Alemanha
Uma das 276 autoestradas cortadas por protestos na Alemanha Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A resposta pode vê-la no novo episódio de "Euronews Witness", esta semana

PUBLICIDADE

A rápida aceleração das alterações climáticas está a levar as pessoas por toda a Europa a recorrer a protestos cada vez mais agressivos. Seja em França, na Bélgica ou na Alemanha.

Agora, as pessoas pulverizam tinta em edifícios, colam a paredes ou a outras superfícies e atiram líquidos diversos a obras de arte quando antes apenas se concentravam em manifestações.

Esta evolução aconteceu porque, de acordo com a argumentação dos ativistas climáticos, o momento é de urgência.

Neste novo episódio de "Euronews Witness" acompanhamos vários grupos de ativistas climáticos como o "Última Geração" e tentamos perceber o que os motiva a intensificarem cada vez mais os protestos apesar da forte repressão das autoridades e dos limites legais ultrapassados.

Será que a raiva e o desespero estão a tornar os ativistas mais radicais? Ou será que conseguirão com as suas ações moldar as decisões políticas?

Veja o vídeo acima para perceber o que está a acontecer e esteja atento à nossa página para ver, na íntegra, a reportagem do jornalista Hans von der Brelie.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Extinction Rebellion" corta auto-estrada em Haia

Últimos ativistas retirados de Lützerath

Ativistas climáticos protestam contra elites de Davos