Coreia do Norte dispara mísseis sobre Mar do Japão

Tóquio afirma que os projéteis atingiram a zona económica exclusiva nipónica
Tóquio afirma que os projéteis atingiram a zona económica exclusiva nipónica Direitos de autor AP/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tóquio solicitou uma reunião de emergência ao Conselho de Segurança da ONU

PUBLICIDADE

No espaço de 48 horas, a Coreia do Norte lançou um segundo míssil que anuncia ser de longo alcance. Segundo Pyongyang, os disparos são a resposta aos exercícios aéreos conjuntos que Estados Unidos e Japão conduziram este domingo.

Tóquio afirma que os projéteis, apresentados como "meios de ataque nuclear tático", atingiram a zona económica exclusiva nipónica

O primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, convocou uma reunião de urgência do Conselho de Segurança da ONU, que vai decorrer esta terça-feira.

António Guterres, o secretário-geral das Nações Unidas, apelou ao termo imediato destas provocações.

Ao contrário do regime norte-coreano, especialistas norte-americanos e sul-coreanos qualificam o tipo de míssil utilizado como de "curto alcance". O armamento terá percorrido distâncias entre os 340 km e os 400 km.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kim Jong-un mostra armas ao ministro da Defesa da Rússia

Coreia do Norte dispara novo tipo de míssil balístico

Coreia do Norte realiza simulação de "contra-ataque nuclear"