Pelo menos 59 migrantes mortos em naufrágio em Itália

Alguns dos corpos a serem resgatados numa praia
Alguns dos corpos a serem resgatados numa praia Direitos de autor Giuseppe Pipita/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
Direitos de autor Giuseppe Pipita/Copyright 2023 The AP. All rights reserved
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Entre as vítimas mortais conta-se um recém-nascido, vítima de um naufrágio ao largo da costa da Calábria, no sul de Itália, este domingo

PUBLICIDADE

Pelo menos 59 pessoas morreram num naufrágio ao largo da costa da Calábria, no sul de Itália, este domingo.

A informação foi confirmada pelo autarca da cidade de Crotone, Vincenzo Voce, que se encontra perto do local do naufrágio.

Entre os mortos está um recém-nascido.

A Guarda Costeira italiana diz que se encontraram pelo menos 80 pessoas com vida.

Há números diferentes sobre quantas pessoas estariam a bordo. De acordo com duas agências das Nações Unidas, que citam sobreviventes, estima-se que haveria mais de 170 pessoas.

Segundo a Rai News, o barco partiu-se em dois. Terá acontecido depois de, de acordo com algumas fontes, a embarcação ter embatido em rochas, devido ao mau tempo.

O barco terá partido da Turquia, com cidadãos iranianos, paquistaneses, somalis e afegãos a bordo.

O Governo italiano de extrema-direita acaba de aprovar uma lei que torna mais rígidas as regras para este tipo de resgates.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ministro do Interior britânico visita Itália para discutir formas de lidar com a imigração ilegal

Festival internacional de papagaios voadores regressa à praia do Norte de Itália

Mil italianos assinam manifesto para que Draghi seja presidente da Comissão Europeia