EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Cimeira de líderes à procura de uma "Ibero-América justa e sustentável"

Foto de família da XXVIII Cimeira Ibero-americana, em Santo Domingo
Foto de família da XXVIII Cimeira Ibero-americana, em Santo Domingo Direitos de autor Euronews
Direitos de autor Euronews
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os líderes dos países ibero-americanos estão reunidos em Santo Domingo, numa cimeira sob o lema: "juntos por uma Ibero-América justa e sustentável"

PUBLICIDADE

Decorre em Santo Domingo a XXVIII Cimeira Ibero-Americana, que junta líderes da América Latina, Espanha e Portugal.

Os dirigentes de duas dezenas de países procuram durante acordos sobre instrumentos para enfrentar a difícil situação económica deixada pela pandemia da COVID-19, agravada pela invasão russa da Ucrânia.

O tema da cimeira é: "Juntos por uma Ibero-América justa e sustentável". 

O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez, pediu aos participantes para "repensarem um sistema financeiro mais justo" que permita investir "para criar um desenvolvimento económico ecológico, equitativo e sustentável".

Os países representados nesta cimeira são: Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Cuba, Chile, Espanha, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana, Uruguai, e Venezuela.

Portugal esteve representado na cerimónia de abertura pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e pelo primeiro-ministro, António Costa. Ambos deverão discursar este sábado.

A primeira cimeira desta comunidade realizou-se em 1991, em Guadalajara, no México. Os encontros de chefes de Estado e de governo decorreram, com periodicidade anual, até 2014, altura em que começaram a acontecer de dois em dois anos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Noite de S. João: conheça a sua origem e onde é celebrada

Novo naufrágio perto de Tenerife faz pelo menos 5 mortos. 68 migrantes foram resgatados com vida

Felipe VI de Espanha celebra dez anos de reinado