Grupo Wagner recebe promessa de armamento e munições

Ievgueni Prigojin
Ievgueni Prigojin Direitos de autor AP/PRIGOZHIN PRESS SERVICE
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Na semana passada, o líder do grupo tinha anunciado planos para sair desta cidade estratégica

PUBLICIDADE

O chefe do grupo Wagner disse numa gravação áudio, divulgada este domingo, que o ministério da Defesa russo prometeu "todas as munições e armamento necessários" para continuar a batalha pela cidade de Bakhmut.

Na semana passada Ievgueni Prigojin tinha anunciado planos para sair desta cidade estratégica no leste da Ucrânia, que tem sido palco de combates intensos nos últimos meses, afirmando que o grupo estava a sofrer "perdas inúteis e injustificadas".

Neste sábado, o líder checheno Ramzan Kadyrov disse que os seus combatentes estão "prontos para assumir" as posições em Bakhmut do grupo Wagner.

O destacamento anunciado por Kadyrov ainda não foi confirmado, mas poderá colocar em evidência o papel do Batalhão de Sheikh Mansour, um grupo de voluntários chechenos que tem fortes ligações a grupos islamitas e radicais como o Estado Islâmico, e que combate em Bakhmut ao lado das Forças Armadas da Ucrânia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Deputados franceses querem classificar Wagner como grupo terrorista

A invasão da Ucrânia terá sido imposta a russos impotentes?

Campanhas de recrutamento não funcionam na Ucrânia