EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Carrinha com garrafas de oxigénio explode no centro de Milão

Bombeiros trabalham para extinguir um incêndio num edifício após a explosão de uma carrinha no centro de Milão
Bombeiros trabalham para extinguir um incêndio num edifício após a explosão de uma carrinha no centro de Milão Direitos de autor Luca Bruno/AP
Direitos de autor Luca Bruno/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Explosão de carrinha terá feito pelo menos um ferido, o motorista do veículo que transportava garrafas de oxigénio.

PUBLICIDADE

Uma explosão provocou um vasto incêndio em pleno centro de Milão, entre as avenidas Pier Lombardi e Vasari. Uma carrinha que transportava garrafas de oxigénio explodiu numa zona residencial de Milão (norte de Itália), causando ferimentos ligeiros ao motorista. 

O correspondente da Euronews  Milão, Alessio dell'Annaa esteve no local enquanto os bombeiros combatiam as chamas. "O motor da carrinha pegou fogo e em seguida detonou cerca de 20 garrafas de oxigénio que estavam na carrinha. Houve vários prédios e veículos em chamas. Até ao momento, há uma pessoa ferida. É o motorista da carrinha que, segundo relatos, conseguiu sair do veículo momentos antes da explosão. O fogo já foi quase totalmente apagado e a área foi isolada". 

Grandes chamas e uma nuvem de fumo eram visíveis no local da explosão, de acordo com imagens transmitidas por canais noticiosos 24 horas por dia.

A explosão ocorreu por volta das 11h30 locais (0930 GMT) no bairro de Porta Romana, incendiando os veículos estacionados nas proximidades. Um edifício e uma farmácia foram também fortemente danificados pela explosão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Estudantes de Milão montam acampamento em solidariedade com a Palestina

Giorgio Armani acusada de ter fábricas ilegais na Lombardia e exploração laboral

Explosão em centro de refugiados faz pelo menos 31 feridos