Urnas encerram para turcos residentes no estrangeiro

Sacos com os boletins de voto de cidadãos turcos residentes no estrangeiro
Sacos com os boletins de voto de cidadãos turcos residentes no estrangeiro Direitos de autor Anadolu
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Embaixadas e consulados turcos no estrangeiro abriram assembleias de voto para permitirem aos cidadãos turcos residentes no estrangeiro o exercício do direito de voto

PUBLICIDADE

Já encerraram as urnas nas embaixadas e consulados turcos em todo o mundo, abertas para os cidaãos turcos residentes no estrangeiro poderem exercer o seu direito de voto.

Em locais como a Itália, as urnas foram fechadas e seladas. 

Entretanto, na Turquia prossegum os preparativos para a segunda volta das eleições presidenciais, marcada para o próximo domingo.

Na primeira volta, mais de 1,7 milhões de eleitores residentes no estrangeiro votaram. 

Estes votos poderão ser decisivos para determinar o vencedor da segunda volta. 

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan mantém a vantagem tendo obtido 49,5% dos votos na primeira volta realizada a 14 de Maio, uma vantagem de quase cinco pontos sobre o social-democrata e opositor mais próximo Kemal Kiliçdaroglu.

Erdogan járecebeu o apoio do nacionalista Sinan Ogan, que obteve 5% das preferências.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Turquia à espera da segunda volta das presidenciais

Turquia: Haverá segunda volta na eleição presidencial?

Chuvas fortes causam pelo menos uma morte na Turquia