O mundo inteiro lamenta a morte de uma lenda

Tina Turner
Tina Turner Direitos de autor Chris Pizzello/Invision
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Tuna Turner morreu em casa, na Suíça, vítima de doença prolongada. Tinha 83 anos.

PUBLICIDADE

De todo o mundo chegam homenagens a uma das mais carismáticas lendas do rock e da soul que morreu esta quarta-feira.

Tina Turner era uma estrela planetária. Ficou conhecida nos anos 60 ao lado do marido. Com Ike viveu uma parceria musical e pessoal marcada pela violência. Conseguiu deixar este relacionamento abusivo e tornou-se numa das maiores cantoras de sempre.

Elton John disse que Turner era "uma lenda total nos discos e no palco".

Mich Jagger lamentou a morte de "uma grande amiga e cantora de enorme talento".

Bartak Obama lembrou uma artista poderosa, imparável e sem remorsos.

Debbie Harry, vocalista dos Blondie agradeceu a uma mulher que "desbravou caminho num mundo musical duro e muitas vezes discriminatório".

Tuna Turner morreu em casa, na Suíça, vítima de doença prolongada. tinha 83 anos. 

Uma das homenagens mais originais foi feita pela NASA. A agência espacial norte-americana escreveu que esta “lenda da música brilhou em palco e em milhões de corações e que o seu legado viverá para sempre, entre as estrelas.”

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Morreu a lenda da música Tina Turner

"Tina" no festival de Cinema de Berlim

Incêndio em prédio de 14 andares em Valência faz pelo menos quatro mortos