Polícia japonesa detém suspeito de homicídios

Polícia japonesa a trabalhar na cena do crime
Polícia japonesa a trabalhar na cena do crime Direitos de autor 矢島崇貴/AP
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A polícia japonesa já tem sob custódia o suspeito de um tiroteio no qual quatro pessoas perderam a vida incluindo dois agentes da polícia

PUBLICIDADE

A polícia japonesa anunciou ter detido esta sexta-feira um homem que se tinha escondido na casa do pai armado com uma espingarda e uma faca depois de alegadamente ter morto quatro pessoas, incluindo dois polícias.

Imagens difundidas pelo canal de TV Asahi mostraram o alegado homicida com as mãos na cabeça a sair da casa e a ser conduzido para um veículo da polícia.

Masanori Aoki, um agricultor de 31 anos, foi detido pela polícia sob mandado judicial por suspeita de homicídio em Nakano, uma cidade da província de Nagano.

O chefe da polícia da província de Nagano, Iwao Koyama, apresentou as condolências aos familiares das vítimas e descreveu a perda de dois polícias como "extremamente lamentável".

Na sexta-feira, o presidente da Comissão Nacional de Segurança Pública, Koichi Tani, confirmou que o suspeito possuía licenças para várias armas de caça e de ar comprimido, todas devidamente autorizadas pela comissão de segurança pública da província.

Tani sublinhou que as renovações das licenças do suspeito haviam sido corretamente processadas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dois mortos em tiroteio em fábrica da Mercedes

Suspeito do segundo tiroteio em dois dias na Sérvia pretendia apenas espalhar o medo

Nagasaki assinala 78.º aniversário do bombardeamento atómico