Evacuações em massa na Ucrânia devido à rutura da barragem de Nova Kakhovka

Rutura na barragem de Nova Kakhovka provocou inundação de dezenas de localidades
Rutura na barragem de Nova Kakhovka provocou inundação de dezenas de localidades Direitos de autor AP/Maxar Technologies
Direitos de autor AP/Maxar Technologies
De  euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Rússia e Ucrânia têm trocado acusações sobre a responsabilidade do ataque que atingiu a infraestrutura na noite passada.

PUBLICIDADE

Era um dos cenários mais temidos pelos habitantes de Kherson... que a barragem de Nova Kakhovka fosse atingida, o que aconteceu na noite passada. Desde então já houve inundações em dezenas de localidades, que tiveram de ser evacuadas. 

Rússia e Ucrânia têm-se acusado mutuamente pela responsabilidade do ataque. O presidente ucraniano acusa a Rússia de terrorismo. "As inundações nas regiões do sul do nosso país continuam desde a noite passada. Pelo menos 100 mil pessoas viviam nessas áreas antes da invasão russa. Pelo menos dezenas de milhares ainda lá estão. 80 cidades e vilas estão debaixo de água. A evacuação já começou. E essas são apenas as consequências iniciais. Infelizmente, a tragédia é muito mais ampla", afirmou Volodymyr Zelenskyy.

A barragem foi destruída na noite passada, disparando alarmes além das fronteiras da Ucrânia. A Rússia, por sua vez, acusa Kiev de estar por trás do ocorrido. Os dois países convocaram uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU.

"As Nações Unidas não têm acesso a informações independentes sobre as circunstâncias que levaram à destruição da barragem da central hidroelétrica de Kakhovka. Mas uma coisa é certa. Esta é outra consequência devastadora da invasão russa da Ucrânia", disse o secretário-geral da ONU, António Guterres.

As inundações também afetaram a margem do Dnipro controlada pelas tropas russas. Mil pessoas foram retiradas de Nova Kakhovka, onde a barragem está localizada.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Anunciadas primeiras mortes na sequência do colapso de barragem na Ucrânia

Alerta de inundações obriga população a fugir

Biden promete que pacote de ajuda militar e financeira à Ucrânia chegará "rapidamente"